Translate

quinta-feira, 24 de abril de 2014

ZWI - Uma Visão Recebida de Deus

Fomos impulsionados à reaplicação em nossos estudos e publicações relativas à interpretação das circunstâncias, que conduzirão ao arrebatamento da Igreja, e à segunda vinda de nosso Senhor Jesus Cristo, que estão sendo presentemente antecedidas, conforme profetizado na Bíblia, pela grande apostasia, e ao clímax dos eventos que brevemente manifestarão o governo mundial do Anticristo.
A citada reaplicação foi estimulada por uma visão que nos foi dada pelo Senhor das três letras de nosso título, em formato grande e em negrito – ZWI, por duas vezes seguidas.
Verificamos que a única referência que fazia sentido e correspondia à visão era o nome de “Sabatai-Zwi”, que em 1666 se proclamou o Messias aguardado por Israel, e cujos ensinos se baseavam não no judaísmo com base bíblica, mas no judaísmo baseado na Cabala e no esforço sionista de Israel produzir seu próprio Messias.
É importante frisar que foi a partir de então, que recrudesceu o modo de vida judaico secular que representa atualmente, mais da metade da população de Israel, por terem se afastado do modo de vida baseado nos mandamentos da Bíblia.
É interessante o cruzamento da revelação com todo o esforço que vem sendo realizado desde então, com as condições presentes, para a implantação da chamada Nova Ordem Mundial.
Os princípios promulgados por Zwi foram implantados por um dos seus seguidores, Jacob Frank, que formou uma ordem secreta dentro de outra sociedade secreta – a maçonaria, com o fim de trabalhar a destruição dos valores judaico-cristãos bíblicos, para o estabelecimento de um governo mundial que seria firmado com base nos princípios do sabataísmo (não confundir com sabatismo, como, por exemplo, dos Adventistas do Sétimo Dia).
Este foi o fator principal propulsor da Revolução Francesa em 1789-1799, uma vez que o “sabataismo/frankismo” já havia se infiltrado na maçonaria, em todas as partes do mundo; não somente no Ocidente, como também no Oriente.
Pressupomos que a visão que nos foi dada pelo Senhor é para que nos acautelemos dos falsos cristos que estão se apresentando já neste momento, como os salvadores deste mundo em caos, e que culminará com a manifestação do principal e chefe deles  que será o Anticristo, de modo que sejamos achados dignos de estar de pé diante do Senhor Jesus por ocasião do arrebatamento, que está às portas, por nos guardarmos do engano, nos santificando pela fé segundo a graça do nosso Deus.
As condições para o cumprimento das profecias do Apocalipse estão plenamente amadurecidas em nossos dias, e não antes; pois hoje há tecnologia suficiente para garantir a implantação de um chip contendo a inscrição 666 em todas as pessoas do mundo, com o fim de serem controladas e realizarem toda sua movimentação financeira exclusivamente através do citado chip, que já há algum tempo vem sendo produzido à taxa de um bilhão de unidades por ano.
Lembremos que em 1 de Maio de 1776, Adam Weishapt fundou a Ordem dos Perfeitos, ou Illuminatis. Weishaupt  estrategicamente se tornou global, e infiltrado com os agentes franquistas entre os ritos das lojas maçônicas britânicas e escocesas. A mensagem messiânica contrária à Lei de Deus bíblica do judaísmo havia sido então, incutida em todas as nações que compunham o império britânico, em todo mundo, por meio de suas lojas maçônicas.
Até hoje, muitos dos sionistas que controlam o poder mundial estão trabalhando sorrateiramente para acelerar o retorno de Sabetai-Zwi, conforme ele havia prometido que voltaria, para ser o messias que dará o governo mundial a Israel.
Esta mesma heresia de Zwi se tornou o núcleo da sociedade "Skull and Bones” de Yale, da qual fazem parte muitos presidentes e políticos americanos, e sua marca gigante na CIA e no império financeiro global da América.
O Sabetaísmo Messiânico de Zwi  é visto hoje, naqueles que controlam as relações internacionais da América, no Departamento de Estado, e na Presidência dos Estados Unidos.
Cremos, portanto, que a revelação que recebemos acerca de Zwi aponta para esta infiltração sionista, por uns poucos judeus seguidores do ensino de Zwi, que configuram grande parte da elite financeira e econômica que está trabalhando, para trazer à lume o governo único sobre as nações na chamada Nova Ordem Mundial – anunciada no símbolo Illuminati impresso no verso da nota de um dólar – Novus Ordo Seclorum, com o propósito de condicionar subliminarmente o maior número de pessoas possível à mesma, pelo Annuit Coeptis – aprovando, assentindo ao começo ou compromisso de estabelecer no futuro, o referido governo mundial.
Com a "Guerra ao Terror", a unidade da América para trazer a democracia com liberdade e prosperidade está se tornando o motor dinâmico, que vai transformar este mundo rapidamente sob o manto de um governo universal.
Nós lemos em vários sites da Internet, que foi dos llluminatis e sabataístas (seguidores de Zwi), que os judeus, Karl Marx e Friedrich Engel estabeleceram as raízes do comunismo. A partir dos lombos dos Rothschild franquistas sabataístas, John Jowe Astor e Jacob Schiff foram para a América, e contaram com o apoio dos barões usurpadores da América - Rockefeller e JP Morgan, e estabeleceram as raízes do globalismo no Conselho de Relações Exteriores (CFR).
O objetivo do CFR é o de derrubar a Constituição americana, e mudar a diplomacia do país para os interesses da globalização internacional, juntamente com o planejamento e execução dos Bildbergs, que operam desde a década de 50.
Temos assim, um só e único movimento em todo o mundo para a formação do futuro e próximo governo mundial, sob as diferentes capas de capitalismo, comunismo, socialismo etc, que migrarão para um modelo fascista, com o controle total da elite mundial das finanças, dos meios de produção e da força de trabalho.
Este único movimento a que nos referimos tem seu início marcado, não propriamente no fundador dos illuminatis (Adam Weishaupt - 1776), senão em Sabatai-Zwi – 1666 (Dou graças a Deus pela revelação recebida ) o qual formulou os princípios para a criação do governo do Anticristo.
Não é para se admirar, que o ensino de Zwi tenha angariado tantos admiradores para sua exposição da Cabala, pois Zwi afirmou que a vinda da era messiânica significava que os mandamentos bíblicos não eram obrigatórios, e que Deus agora permitia tudo.
Esta é a oração deles: "Louvado seja aquele que permite o que é proibido"
Uma vez que todas as coisas seriam permitidas na era do messias, Zwi declarou que muitas das antigas restrições morais da Torá não eram mais aplicáveis. Ele aboliu as leis sobre relações sexuais; e finalmente declarou, que todos os trinta e seis grandes pecados bíblicos eram agora permitidos, como também instruiu alguns de seus seguidores, que era seu dever praticar tais pecados, a fim de apressar a Redenção.
É disto que decorre todo o caos social que vivemos no mundo atual, com a desestruturação da sociedade, através da demolição dos valores relativos à família e aos bons costumes, mormente pelo uso da cultura, especialmente a musical e cinematográfica; com a liberação sexual, o uso abusivo de drogas e tráfico de armamentos, com incremento de guerras e revoltas, e aumento da violência no mundo inteiro, com vistas a quebrar a resistência moral da sociedade, para a implantação de um governo mundial satanista.
Esta é a religião do Anticristo, que tem sido abraçada desde os dias de Zwi.
Ele é o ponto de partida para as blasfêmias, perseguições e críticas aos mandamentos de Deus que são características da profecia relativa ao Anticristo. O berço já foi preparado para recebê-lo, pela multiplicação da iniquidade, conforme profetizado por Jesus, e está sendo testemunhado, especialmente nas últimas décadas.
Vigiemos e oremos, e nos exortemos à pratica do amor cristão e às boas obras; isto porque o tempo da volta do Senhor está às portas.   

Nenhum comentário:

Postar um comentário