Translate

terça-feira, 27 de maio de 2014

Salvação Sem Jesus Cristo

A permissão para tradução e disponibilização desta série de artigos foi gentilmente cedida por Ephesians 5-11.org.
"E não comuniqueis com as obras infrutuosas das trevas, mas antes condenai-as." [Efésios 5:11]
 A Loja Maçônica afirma ser uma organização fraternal e nega que a Maçonaria seja uma religião. Todavia, ensina um plano de salvação que não requer fé em Jesus Cristo. Se você é um mestre maçom, sabe que isso é verdade, pois participou de rituais maçônicos que ensinam salvação sem Jesus e provavelmente já assistiu outros serem conduzidos pelos mesmos rituais.

O Que o Ritual Ensina Sobre a Salvação?
No grau Aprendiz, o Mestre Venerável pergunta, "Que cobertura tem a loja?" O Administrador Sênior responde:
"Um dossel de nuvens ou um céu estrelado ao qual todos os bons maçons esperam chegar no fim..."
Durante o grau Mestre Maçom, o Venerável pergunta, "Qual é o significado dos três degraus normalmente delineados no Carpete do Mestre? A seguinte resposta é dada pelo Administrador Sênior:
"Como Companheiros, devemos aplicar nosso conhecimento ao cumprimento de nossos respectivos deveres a Deus, ao nosso próximo, e a nós mesmos; para que, no tempo devido, como Mestres Maçons, possamos desfrutar as bem-aventuradas reflexões decorrentes de uma vida bem-vivida e morrer na esperança de uma gloriosa imortalidade."

Quando você retratou Hirão-Abi, o Mestre Venerável fez uma oração imediatamente antes de você (como Hirão-Abi) ser "ressuscitado" dos mortos. A oração dele terminou com estas palavras:
"Assim, Senhor! Tenha compaixão dos filhos da tua criação; conforta-os nos dias de adversidade, e salva-os com uma eterna salvação. Amém."

No encerramento da lenda do Terceiro Grau, o Administrador Sênior diz:
"Finalmente, meus irmãos, imitemos nosso Grande Mestre, Hirão-Abi, em sua virtuosa conduta, sua genuína piedade a Deus, e sua inflexível fidelidade ao que lhe estava confiado; para que, como ele possamos dar as boas-vindas ao severo tirano, a Morte, e recebê-la como um gentil mensageiro do nosso Supremo Grande Mestre, para nos transportar desta imperfeita para a toda perfeita, gloriosa e celestial Loja lá em cima, onde o Supremo Arquiteto do Universo preside."
A explicação a seguir do significado da Lenda do Terceiro Grau encontra-se na página 96 do Manual of the Lodge [Manual da Loja], de Albert Mackey:
"Era o único objeto de todos os ritos e mistérios antigos praticados no seio das trevas pagãs... ensinar a imortalidade da alma. Esse ainda é o principal propósito do terceiro grau da Maçonaria. Esse é o escopo e objetivo do seu ritual. O Mestre Maçom representa o homem, quando jovem, quando adulto, quando velho, e a vida passou como sombras efêmeras, porém ressuscitado do túmulo da iniquidade, e despertado para outra e melhor existência. Por sua lenda e por todo seu ritual, é implícito que fomos redimidos da morte do pecado e o sepulcro da poluição... e a conclusão a qual chegamos é, que a juventude, adequadamente orientada, leva a uma maturidade honrosa e virtuosa, e que a vida do homem adulto, regulada pela moralidade, fé e justiça, será recompensada na hora do seu encerramento pela visão da felicidade eterna... o Mestre Maçom representa um homem salvo do túmulo da iniquidade, e ressuscitado para a fé da salvação."
A Maçonaria ensina que os Mestres Maçons, como um grupo, podem morrer na esperança de uma gloriosa imortalidade, que representam aqueles ressuscitados do túmulo da iniquidade e que foram redimidos da morte do pecado. A Maçonaria está ensinando que os Mestres Maçons têm a salvação!

 A Bíblia Sagrada Explica o Plano de Deus da Salvação
Jesus Cristo é o único caminho para a salvação. O apóstolo Pedro disse:
"Seja conhecido de vós todos, e de todo o povo de Israel, que em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, aquele a quem vós crucificastes e a quem Deus ressuscitou dentre os mortos, em nome desse é que este está são diante de vós. Ele é a pedra que foi rejeitada por vós, os edificadores, a qual foi posta por cabeça de esquina. E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos." [Atos 4:10-12].
João registrou as solenes palavras de Jesus Cristo:
"Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim." [João 14:6].

O grupo de homens conhecidos como Mestres Maçons inclui hindus, muçulmanos, budistas, homens que professam serem cristãos e homens que não tem outra religião além da Maçonaria. Os hindus, muçulmanos, e budistas todos rejeitam a divindade de Jesus Cristo e o rejeitam como Salvador e Redentor de toda a humanidade. Como a Maçonaria está ensinando que os Mestres Maçons, como um grupo, podem morrer na esperança de uma gloriosa imortalidade, que representam aqueles ressuscitados do túmulo da iniquidade e que foram redimidos da morte do pecado, está ensinando um evangelho de salvação que não requer a fé em Jesus Cristo.

A Penalidade Por Promover um Falso Evangelho: Condenação
Paulo, um dos apóstolos de Jesus Cristo, disse:
"Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema." [Gálatas 1:8].
A Loja Maçônica está promovendo a fé em outro evangelho que condenará os homens a uma eternidade no inferno. Os outros homens na loja compreendem o que os rituais maçônicos ensinam. Poucos deles compreendem o evangelho de Jesus Cristo. Muitos engoliram a mentira maçônica e acreditam que possam receber a salvação por meio da Maçonaria. Eles não conhecem a Jesus Cristo e não veem necessidade de se tornarem cristãos. Afinal, o que mais Jesus Cristo poderia lhes oferecer? Eles observaram você sentar-se em silenciosa concordância enquanto o ritual maçônico, que ensina salvação sem Jesus Cristo, é encenado. Qualquer credibilidade que você pode ter tido como cristão, "seu testemunho", foi severamente prejudicado — se não totalmente destruído — pela sua silenciosa participação. [Como diz o ditado, "Quem cala, consente."] Se o plano da loja de salvação não fosse verdadeiro, você, como cristão, teria feito oposição, não teria? Certamente não estaria participando dele há vários anos e tampouco estaria encorajando outros homens a participar.
Na igreja do primeiro século, alguns imaginavam que podiam ser cristãos e continuar participando nas religiões pagãs. Paulo falou claramente sobre essa questão na sua carta aos coríntios:
"Antes digo que as coisas que os gentios sacrificam, as sacrificam aos demônios, e não a Deus. E não quero que sejais participantes com os demônios. Não podeis beber o cálice do Senhor e o cálice dos demônios; não podeis ser participantes da mesa do Senhor e da mesa dos demônios. Ou irritaremos o Senhor? Somos nós mais fortes do que ele?"
[1 Coríntios 10:20-22].
Qualquer religião que não seja o judaísmo ou o cristianismo é pagã. A Maçonaria oferece um plano de salvação sem Jesus Cristo. Portanto, é uma religião não-cristã. Como a Maçonaria também não é judaísmo, é claramente uma forma de paganismo. As Escrituras são bem claras sobre o assunto da participação do cristão no paganismo. O cristão simplesmente não pode participar no paganismo. Se você consegue participar no paganismo da Maçonaria após ter essas questões levadas ao seu conhecimento, então é óbvio que não tem a intenção de seguir a Cristo.
É possível que você não tenha compreendido o alcance total de como tem negado a Jesus Cristo. Ele disse:
"Mas qualquer que me negar diante dos homens, eu o negarei também diante de meu Pai, que está nos céus." [Mateus 10:33].
O Senhor Jesus Cristo está disposto a perdoá-lo. Na verdade, ele deseja perdoá-lo. No entanto, o perdão dele depende do seu arrependimento e confissão. Você precisa renunciar à Maçonaria. Paulo escreveu:
"Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas? E que concórdia há entre Cristo e Belial? Ou que parte tem o fiel com o infiel? E que consenso tem o templo de Deus com os ídolos? Porque vós sois o templo do Deus vivente, como Deus disse: Neles habitarei, e entre eles andarei; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo. Por isso saí do meio deles, e apartai-vos, diz o Senhor; e não toqueis nada imundo, e eu vos receberei; e eu serei para vós Pai, e vós sereis para mim filhos e filhas, diz o Senhor Todo-Poderoso. Ora, amados, pois que temos tais promessas, purifiquemo-nos de toda a imundícia da carne e do espírito, aperfeiçoando a santificação no temor de Deus." [2 Coríntios 6:14-7:1].

Pode um homem ser cristão e ao mesmo tempo associar-se com outro grupo que oferece salvação sem Jesus Cristo? O que Jesus Cristo diria? A opinião de quem mais realmente importa?
Visite o site Ephesians 5-11 em http://www.ephesians5-11.org/ 
Data da publicação: 15/9/2001
Patrocinado por: S. F. F. C. — Vargem Grande Paulista / SP
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/ef511-b.asp

Nenhum comentário:

Postar um comentário